Escolha um local
Campo obrigatório

Lipoaspiração: a arte de modelar o corpo

Publicado em 08/02/2021 08:00

A lipoaspiração é uma cirurgia plástica para redução de volume de gordura corporal em áreas localizadas do corpo de maneira rápida e eficiente, conferindo ao paciente uma melhor silhueta corporal. Ao contrário do que muitos pensam, a lipoaspiração não é feita para perder peso ou seja, emagrecer, mas sim para remodelar o corpo, retirar aquela indesejada gordura e assim realçar o contorno corporal. 

Na lipoescultura você retira a “gordurinha indesejada” de uma área localizada do corpo e enxerta essa gordura em regiões do corpo em que haja pouco volume ou depressão como por exemplo, no bumbum. Esta técnica permite uma melhora considerável tanto no tamanho quanto nas formas dos glúteos, de uma maneira natural. Você também pode usar a gordura retirada para preencher os sulcos de expressão que se formam ao redor da boca. Parte da gordura enxertada é absorvida pelo organismo, mas essa absorção varia de acordo com cada paciente. 

A lipoaspiração vem evoluindo constantemente, não só pelo número variado de técnicas e desenvolvimento de táticas, como também por aparecimento de materiais, métodos e aparelhos. Sem dúvida a lipoaspiração é um dos procedimentos mais comumente efetuado pelos cirurgiões plásticos, seja isoladamente, seja isoladamente, associada a outras cirurgias ou como complementação de outros tratamentos. 

Contudo, sua aparente simplicidade de realização e baixa morbidade, tem levado muitos médicos e cirurgiões sem o devido preparo a erros graves, por subestimarem seus riscos ou por desconhecerem a técnica em todos os seus aspectos, em todas suas minúcias. 

O método a ser utilizado é, preferencialmente, a lipoaspiração úmida, com o aspirador ou vibrolipoaspirador, em ambiente hospitalar e respeitando a relação do volume a ser aspirado com o peso do candidato ao procedimento. 

Como fator complicante, com frequência a lipoaspiração é apresentada, de forma absurdamente antiética, nos meios de comunicação. Muitas vezes é apontada como solução mágica para o emagrecimento, como cirurgia isenta de complicações, como procedimento tão simples que pode ser realizado impunemente em consultórios ou ambiente totalmente desprovido de recursos mínimos de segurança e higiene. Tudo isso faz com que os maus resultados se multipliquem e as complicações apareçam cada vez mais graves. 

O paciente de cirurgia plástica estético-funcional está saudável e deseja que o resultado proporcione uma melhora na sua qualidade de envelhecer e viver, portanto quando bem feita e bem indicada, a lipoaspiração representa um ganho para a autoestima. Mas a falta de bom senso está à vista de todo mundo.
Compartilhar

Médico
CRM 4313 MS

Responsável pela publicação
EmConsulta
Responsável técnica:
Dra. Thais Correia Leone Della Pace
CRM/MS 4056
Não achou o que procurava?

Como podemos ajudar?

Preencha os campos abaixo e informaremos
assim que ficar disponível.
Digite ao menos 3 caracteres