Escolha um local
Campo obrigatório

Estudo Urodinâmico, o que é e para que serve

Publicado em 31/08/2020 08:00

O Estudo Urodinânico completo é o melhor exame para avaliar o funcionamento do trato urinário. Fornece informações sobre todas as fases da micção (armazenamento e esvaziamento urinário). Conseguimos extrair dados sobre grau de contração da bexiga, obstrução secundaria ao crescimento da próstata (Hiperplasia prostática Benigna), perdas de urina ao tossir, espirar, por exemplo. 

Exame útil em uma série de situações:
  • Incontinência Urinária (escape de urina ao tossir, espirar)
  • Bexiga Neurogênica 
  • Hiperplasia Prostática Benigna

Incontinência Urinária / Bexiga Neurogênica:
Pode ajudar ou confirmar o diagnóstico, prever o resultado do tratamento ou facilitar a discussão durante o aconselhamento.
O diagnóstico clínico e os achados urodinâmicos podem não se correlacionam, sendo que cerca de 40% dos pacientes com Síndrome de Bexiga Hiperativa não apresentam Contrações não Inibidas no EUD. Entretanto, a Urodinâmica pode mudar o diagnóstico clínico em 56% das mulheres.
Taxa de fluxo pré-operatória baixo tem sido demonstrado que se correlacionam com a disfunção de pós-operatório de micção.
Não é essencial antes da cirurgia para casos de IUE não complicada em mulheres em que as perdas são evidenciadas pelo exame clinico, porém pode ser valioso usar os resultados dos testes urodinâmicos para selecionar o procedimento cirúrgico ideal.
 
Bexiga Neurogênica:
Vários órgãos podem ser afetados após lesão neurológica, quer seja trauma raqui medular, AVC, hérnia discal, ou até mesmo cirurgias pélvicas extensas e de coluna. A bexiga urinária é um desses órgãos, podendo o dano se refletir no trato urinário alto (rins) ou infecções urinarias.
EUD deve ser realizado na abordagem inicial e sempre que mudar o padrão miccional ou que procedimento for proposto.
Ajuda a entender como lesão neurológica reflete no padrão miccional para propor assim a melhor abordagem / tratamento.
 
Hiperplasia Prostática Benigna (HPB):
A realização do estudo fluxo pressão em homens se torna importante quando a sintomas de obstrução infra-vesical  coexistem com perdas urinárias, principalmente quando tratamentos invasivos, irreversíveis e potencialmente mórbidos são considerados.
Permite predizer o funcionamento vesical, se há acometimento da bexiga secundário a doença prostática ou outra patologia.
Se contrações detrusoras não inibidas estão presentes, associadas ou não a síndrome de bexiga hiperativa, podemos predizer a sintomatologia após tratamento da HPB, como urgência miccional. 

Sobre o exame
Exame simples porém desconfortável…
O processo de micção normal é simulado durante a urodinâmica a partir do enchimento vesical com soro fisiológico.
Para tanto passa-se sonda uretral (canal da urina), para infusão do soro e aferição da pressão intra-vesical (dentro da bexiga). 
Concomitantemente passa-se sonda retal para aferir pressão intra-abdominal.

O exame é composto de algumas fases:
  • Urofluxometria: paciente urina em um recipiente que é conectado ao computador e o padrão urinário traduzido em forma de gráfico.
  • Cistometria: nesta fase simulamos o enchimento natural da bexiga. Avalia-se parâmetros como capacidade vesical, perdas urinarias, sensibilidade, complacência, contrações detrusoras não inibidas.
  • Estudo Fluxo-Pressão: mensuração das pressões vesical e abdominal durante a micção. Esta parte do exame permite diferenciar obstrução infra-vesical (hiperplasia prostática benigna, estenose de uretra) de hipo contratilidade vesical (secundaria a neuropatia diabética, cirurgia pélvica, trauma medular baixa).
Após exame podemos entender melhor sobre funcionamento da bexiga do paciente, permitindo assim individualização da conduta e melhores resultados.


Compartilhar
Dr. Flavio Gonçalves Faria

Médico
CRM 6798 MS

EmConsulta
Responsável técnica:
Dra. Thais Correia Leone Della Pace
CRM/MS 4056
Não achou o que procurava?

Como podemos ajudar?

Preencha os campos abaixo e informaremos
assim que ficar disponível.
Digite ao menos 3 caracteres